UFRN comemora avanços em todas as áreas neste ano de 2013

Jan 2, 2014 às 09:02

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte encerra suas atividades no ano de 2013 comemorando, mais uma vez, a boa avaliação do Ministério da Educação, que coloca a instituição na liderança, pelo segundo ano consecutivo, como a melhor do Norte/Nordeste entre as Instituições Federais de Ensino Superior, conforme o Índice Geral de Cursos (IGC).

 A UFRN, segundo a reitora Ângela Paiva Cruz, vem buscando a expansão acadêmica com qualidade e avançando em todas as áreas contempladas em seus programas estruturantes, tais como: ações por uma universidade cidadã; desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação; meio ambiente e qualidade de vida; modernização da gestão; e gestão de pessoas.

Na expansão acadêmica, a universidade registrou um aumento de mais de 900 vagas para ingresso nos cursos de graduação em 2014, através do ENEM/SISu. Embora o grande destaque seja a criação de um novo curso multicampi de Medicina envolvendo os três campi (Caicó, Currais Novos e Santa Cruz), foram criados outros tais como Gestão de Cooperativa e Letras/ Libras no Campus Central e estão sendo criados para os campi do interior Psicologia (FACISA), Meteorologia e Oceanografia em Natal, com início previsto para 2014. E outros se encontram com projeto pedagógico aprovado ou em elaboração, tais como Terapia Ocupacional (FACISA), Música (CERES/Caicó), entre tantos que foram propostos pelas unidades acadêmicas e registrados no plano de expansão.

Os novos cursos criados pelo REUNI (Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais) e pós-REUNI, segundo Ângela Paiva, estão sendo bem avaliados pelo MEC e, em sua maioria, estão obtendo notas 4 ou 5.

Na pós-graduação também foi registrado um crescimento muito significativo, com uma substancial elevação na qualidade dos cursos no último triênio (2010/2011/2012): 18 programas aumentaram seus conceitos e nenhum curso foi descredenciado. Vale salientar que o número de cursos de pós-graduação pulou de 82 em 2011 para 101, em 2013. “A UFRN tem tido uma grande visibilidade em relação às outras universidades na área da pós-graduação”, afirmou a reitora.

Vale salientar que todas essas ações foram trabalhadas com as ações de inclusão social, disse a reitora. “Estamos na política de cotas, estamos plenamente no SISu a partir de 2014 e aprovamos resolução para a inclusão regional”, disse se referindo à Resolução 177/2013, que cria o argumento de inserção regional, para estimular o acesso à Universidade dos estudantes que residem no entorno dos locais de oferta dos cursos da UFRN no interior.

As ações da UFRN para contemplar o programa estruturante Universidade Cidadã incluem também a preocupação com a melhoria do atendimento nos hospitais universitários, possibilitada com a adesão à EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), com a ampliação do ensino técnico (presencial e a distância) para jovens e trabalhadores, através do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), que está qualificando quase 30 mil pessoas, pela Escola Agrícola de Jundiaí, Escola de Enfermagem, Escola de Música e Instituto Metrópole Digital.

A política cultural da Universidade, além de permear toda vida cultural da cidade com suas ações, se constitui em um vetor para a qualidade de vida. A reitora, ainda  destaca o trabalho da Escola de Música – que tem atrações semanais e,  constantemente apresenta atrações internacionais – além de propor e realizar a disseminação de atividades artísticas e culturais por meio do Programa SIGArte.

Áreas Estratégicas

As ações estratégicas na área de ciência e tecnologia registrou avanços. O Instituto Metrópole Digital ganhou um prêmio nacional do Santander, na categoria Guia do Estudante; o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Educação a Distância (SEDIS), com inserção e atendimento de demandas em nível nacional; o projeto do Instituto  de Medicina Tropical, cujo prédio já está pronto, além  da reestruturação física e tecnológica dos hospitais universitários, que estão utilizando tecnologia de última geração (imagens em Ultra HD - 4K),  para transmissão de cirurgias para todo Brasil, criação de novos serviços tal como o de Reprodução Humana Assistida na Maternidade Escola Januário Cicco, além do amplo programa de execução de obras e concurso público aberto com 1.971 vagas.

Na área da inovação tecnológica os exemplos são profícuos e a reitora cita a criação de mais uma incubadora – Bio Inova – que juntamente com a INOVA - Metrópole somam duas incubadoras na UFRN. Além disso, a Universidade comemora o grande crescimento no número de pedidos de patentes, que chegou a 70 em dezembro 2013 (em maio de 2011 foram registrados 24 pedidos) e mais 14 pedidos em andamento.

Foram inúmeras as premiações durante todo esse ano de 2013, de agências, tais como FINEP/MCTI e com destaque para a última do Santander Universidades, na categoria Empreendedorismo, que premiou um aluno da UFRN que apresentou o projeto “Sistema de Elementos e Fatores Climáticos em Plantações de Cana-de-açúcar (Agroremoto)”. Esse ano, a UFRN foi a instituição que inscreveu o maior número de projetos, o que mostra a grande produção da Universidade nessa área.

A internacionalização teve um grande destaque com um aumento significativo no número de convênios e colocando a UFRN em primeiro lugar no Nordeste em número de alunos com bolsas no Programa Ciências Sem Fronteiras (CsF). Segundo dados da Secretaria de Relações Internacionais, em 2013 foram enviados 441 alunos para o exterior, dos quais 371 (84%)  são vinculados ao CsF.

O programa estruturante Meio Ambiente e Qualidade de Vida teve um grande avanço com a criação de comissões para trabalhar o Plano Diretor do Campus Central, para propor melhorias dos espaços dentro do Campus, para trabalhar a segurança interna, para aperfeiçoar relações de trabalho, para propor atividades artísticas e culturais de forma permanente, além das comissões para trabalhar o Plano Diretor dos campi de Caicó, Currais Novos e Macaíba.

A infraestrutura cresceu e se modernizou. Foram 44 obras concluídas neste ano e mais de 30 contratos novos foram assinados. Entre os contratos estão incluídas obras que ampliam a infraestrutura básica de esgotamento sanitário, de abastecimento de água e de sistemas de reuso de esgotos.

A informatização e melhoria dos sistemas, capacitação dos gestores e os cursos de pós-graduação profissional (Mestrado Profissional em Letras e Mestrado e Mestrado Profissional em Gestão de Processos Institucionais) foram algumas das ações do programa Modernização da Gestão. Outros avanços são computados, como a consolidação do Programa de Assistência ao servidor e o Núcleo de Ideação. Este último, com o objetivo de ouvir a comunidade acadêmica sobre a questão da gestão.

A Pró-reitoria de Assistência ao Estudante (PROAE) completou mais de 900 auxílios-moradia aos estudantes universitários, 1042 bolsas-alimentação e atendimento psicológico chegando a quase 2.500. Nesse ano de 2013, segundo dados da PROAE, foram inauguradas duas novas residências (Santa Cruz e Campus IV-Natal) e criada uma residência para alunos da pós-graduação.

A Pró-reitoria de Extensão comemora o aumento no número de alunos e docentes em projetos de extensão e de municípios no programa Trilhas Potiguares. A PROEX também está coordenando a participação da UFRN na Copa do Mundo 2014, através de diversos projetos.

Em todos os programas estruturantes, os campi do interior têm ações induzidas como forma de consolidar a interiorização da universidade. Os programas ou ações desenvolvidas no Campus Central são estendidos para os campi, a exemplo da criação de novos cursos, a constituição de comissões para elaboração do Plano Diretor do CERES Caicó e Currais Novos, além de outras ações de cada pró-reitoria.

Nesse ano de 2013, segundo a reitora Ângela Paiva, o destaque é para o crescimento da Universidade, com mudanças registradas em todos os indicadores dos Programas Estruturantes previstos no Plano de Gestão 2011/2015, contribuindo ainda mais para a sua inserção social e para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte.


Leia outras notícias

Ver todas as notícias
Ação - Voltar para página anterior Ação - Ir ao topo da página
Encontre na UFRN
Escolha sua área Veículos da ufrn Redes sociais
Ir para o topo
UFRN © Copyright 2013 - Todos os direitos reservados Caixa Postal 1524 - Campus Universitário Lagoa Nova, CEP 59078-970 | Natal/RN - Brasil
Contato: +55 84 3215.3883 / ouvidoria@ufrn.br